Ildebranda Martins

Ildebranda Martins

Vazio que se Preenche

Artes › Exposições › Pintura
23 mai a 15 jun/18

Seg a sex: 9h30-19h30

"O vazio, o buraco negro, a sensação do nada, a ausência de luz ao fim do túnel, a anulação da visibilidade, a transparência, quebra-nos e aproxima-nos do abismo, talvez da loucura, demência, depressão e insanidade.  A pressão sem mão, aprisiona-nos o corpo e deixa-nos sozinhas com os nossos medos, paradoxalmente num ambiente preenchido de gente. De repente, pode surgir a vontade de emergir, de nos elevarmos a um universo mais espiritual, de subirmos a um nível mais densamente humano. Quando o corpo casa com a alma, mesmo que de forma inquieta, se adiciona a necessidade de criar, de sair do vazio, a arte surge. Pode não representar o domínio da técnica, o rigor da execução, mas decerto, tem vida e mensagem. O meu vazio por vezes preenche-se com a arte.A criação surge,  muitas vezes, depois de momentos de introspeção."

Ildebranda Martins

Local

Rua Castilho, 233 - 233 A
1099-044 Lisboa

Formulário de procura

Lisboa Cidade Triste e Alegre

Continuam

O Prazer de Fazer, a Joia ao Alcance da Mão

Artes › Cursos / Encontros

Encontro dos Origamigos de Lisboa

Artes › Cursos / Encontros

Ateliers de Fotografia a céu-aberto

Ar livre
Artes › Cursos / Encontros